Representantes do PPS visitam Parque Henriqueta Libertucci
Membros do Partido Popular Socialista – PPS, Hugo Brito, vereador Luiz Antonio de Moraes, o Maguila, e João Batista. Parque Henriqueta Libertucci - Porto Ferreira, SP

Na manhã do último sábado, 9/04, os membros do Partido Popular Socialista – PPS, vereador Luiz Antonio de Moraes, o Maguila, Hugo Brito e João Batista, estiveram visitando o Parque Henriqueta Libertucci.

Transformado em área de preservação ambiental em 2002, através de Lei Municipal de autoria do vereador Maguila, este importante espaço de educação ambiental e lazer carece de algumas benfeitorias.

Atento a essas necessidades, Maguila apresentou emenda ao orçamento municipal deste ano no valor de 50 mil reais, para a realização de obras de reforma, manutenção e melhorias no Parque.

“O objetivo de nossa visita foi verificar se as obras de reforma e manutenção, tão necessárias para o parque, já haviam se iniciado. Afinal, a emenda orçamentária, por mim apresentada, garante recursos para essa finalidade. Porém, o que podemos constatar é que nada foi feito até o momento”, comentou o vereador Maguila.

Na visão de Hugo Brito, a criação do Parque Henrique Libertucci garantiu a preservação de um importante espaço ambiental para o futuro de Porto Ferreira e da população. “Este ambiente é uma importante ferramenta de educação ambiental e de lazer, por isso, é dever da administração municipal fazer as manutenções necessárias, inclusive utilizando a dotação que já foi reservada para esse fim, já que se trata de uma emenda impositiva”, concluiu Hugo.

Para João Batista, com o valor reservado pela emenda, a administração poderá realizar importantes melhorias no local. “Nesta visita, pude observar que com este recurso podem ser realizadas melhorias nas trilhas, nos sanitários, aumentar os equipamentos de lazer, melhoria na iluminação, limpeza das lagoas e do parque em geral, manutenção e ampliação do alambrado”, disse João Batista.

Durante a caminhada pelo Parque, Maguila lembrou que antes da aprovação da Lei, o local estava sendo degradado pelo funcionamento de um lavador de veículos da Prefeitura, que contaminava as nascentes e as lagoas. Além disto, vários outros problemas ambientais e sociais ocorriam no local, como a caça de animais, corte de árvores e até uso de entorpecentes.

“É com muito orgulho que visito este local, pois graças a união de esforços e a iniciativa do então Prefeito Maurício Rasi, que em 2009, colocou em prática a minha idealização, hoje temos este espaço tão importante de visitação e de preservação ambiental”, concluiu Maguila.