Ocorrências da GCM: prisão de suspeito de furto em cemitério, apreensão e tráfico de drogas

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Porto Ferreira, vinculada à Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana, divulgou as principais ocorrências atendidas nos últimos dias no município. Confira:

Prisão de suspeito de furto em cemitério

Após informação de que um indivíduo havia pulado dentro do Cemitério da Saudade, na área central da cidade, a equipe composta pelos GCMs 2ª CL Caramori e 2ª CL Tondati adentrou no local, onde foi encontrado o suspeito de 52 anos. Ao ver os guardas civis ele tentou fugir, porém foi capturado. Do lado de fora do cemitério havia um vaso de bronze produto da tentativa de furto. Diante dos fatos o vaso e o indivíduo foram conduzidos até a Delegacia da Polícia Civil, onde foram tomadas as providências referente ao caso.

Apreensão de entorpecentes

A ocorrência foi registrada na terça-feira (07/09), por volta das 19h20. A equipe composta pelo coordenador GCM 2 ª CL Nonato, GCM 2ª CL Bernardo, GCM 23ª CL Dresler e GCM 3ª CL Maicon estava em patrulhamento pela rua Batista Arnoni, esquina com rua João Simão, na Vila Maria, quando um indivíduo ao avistar a viatura passou a se portar de maneira suspeita, momento em que a equipe efetuou a abordagem. Em busca pessoal e veicular foi localizado no interior do veículo do indivíduo um tablete de substância análoga a maconha pesando 24.1 g e a quantia de R$ 160 em moeda corrente. O indivíduo, veículo, entorpecente e dinheiro foram conduzidos para a Delegacia, onde a autoridade policial tomou ciência dos fatos e tomou as providências cabíveis ao caso.

Tráfico de drogas

Na quarta-feira (08/09), em patrulhamento pela avenida Francisco Peripato, na Vila Sybilla, por volta das 2h, um jovem de 22 anos, ao avistar a viatura composta pelo coordenador GCM 2ª CL Nonato e GCM 2ª CL Bernardo, passou a se portar de maneira suspeita, momento em que os agentes efetuaram a abordagem.

Em busca pessoal, foram encontrados em uma pochete na sua cintura 13 pinos com uma substância análoga a cocaína (4 g) e 13 pedras de uma substância análoga a crack (3 g). Indagado quanto aos entorpecentes, ele declarou à equipe que estava fazendo a venda dos mesmos.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao indivíduo, que foi conduzido até o Pronto-Socorro local e posteriormente a Delegacia de Polícia, onde a autoridade policial ratificou a voz de prisão e o acusado foi conduzido até a Cadeia Pública da cidade de São Carlos, onde permanecerá à disposição Justiça pública.